Retrospectiva 2010

2010 foi um ano de ondas. Parece que eu estava navegando, sem preparação, mas com coragem, em um oceano inusitado. Tive que lidar com uma onda de cada vez e sinto que muitas pessoas conhecidas tiveram altos e baixos. Embora, minhas oscilações de humor foram bem mais amenas – e fico extremamente feliz com isso.

1010-sfairport2

Sobre a relação com o grande amor da minha vida… (o cinema) foi bem bizarro: sinto que vi mais filmes pela telinha de um assento de avião do que pela telona de uma sala escura. Em julho e setembro fui para o Japão, depois em outubro pra São Francisco – nunca viajei tanto pra fora, num mesmo ano. Nessa lista entram: Homem de Ferro II, Alice no país das maravilhas, Uma noite fora de série (só por causa da Tina Fey e do Steve Carell, mas sabia que não ia ser tãooo bom), Idas e vindas do amor (o comentário da Julia Roberts no final foi ó-te-mo), Esquadrão Classe A (Junto com “Se beber não case”, concluo que Bradley Cooper é o cafajeste da vez)… além de outros vários títulos desprezíveis ou que nem lembro mais – como o japonês que mostra a sede de matar das crianças (>P).

ingloriousbasterds-red

Mas falando do início do ano, teve a minha tradicional maratona de filmes indicados ao Oscar. Desses, posso destacar “Bastardos Inglórios” – com cenas fortes e marcantes, e eu achava que Tarantino não podia ficar melhor que “Cães de aluguel” ou “Pulp Fiction”, mas este me fez até esquecer de “Kill Bill”.
nils_massageline
100507_ameliememorablia1

Eu estava num emprego novo, e no final de abril fui para Paris! A primeira vez na Cidade das Luzes, depois de um treinamento num Chateau, conhecendo pessoas variadas e maravilhosas = viagem inesquecível. Tudo me fez rever “O fabuloso destino de Amélie Poulain” agora no Natal, com um gostinho a mais.

100408_desmondpenny

Teve também o final de LOST, a série mais badalada e comentada dos últimos tempos. Desmond foi definitivamente meu bonitão favorito e o Locke tocou fundo no coração nestes últimos 5 anos (conheci a série em 2006), por isso, me emocionei bastante.

Só que eles perderam pra “Toy Story 3”. Nada melhor que celebrar a vida por ter amigos! Eu vi esses brinquedos nascerem quando CG ainda despontava, era 1995 quando eu tinha delírios de fazer cinema em grandes produções, lembrou-me de como eu queria fazer animação com a Disney… foi como me despedir de amigos de longa data, chorei feito criança mesmo.

toystory3-andyplay2

Mais agora pro final do ano, fechei com o ótimo “Tropa de Elite 2”. Até que este ano vi bastante filmes nacionais (É proibido fumar, Nosso Lar, Lula – filho do Brasil, pra citar alguns). Capitão Nascimento virou herói nacional, antes ele batia em neguinho que assola a classe média, agora ele pega uns políticos de jeito. E aí, não dá pra evitar: contrariando qualquer um, em especial críticos, estudantes ou entendedores de cinema, se dependesse de mim, o candidato para o Oscar seria o Tropa.
tropa2-jt

Dentre os filmes alugados, pra dissolver minhas agruras: “500 dias com ela”. Sem demais comentários, pra quem me conhece.
500-days-of-summer-uk-promo

Agora, o filme do ano. 2010 vai ficar na minha memória como o ano em que consegui ver um filme do Leo DiCaprio no dia do meu aniversário! “A origem” (Inception) pode não ter sido o filme da década, mas é o “meu” filme do Leo! Querer viver no mundo dos sonhos, mas terminar vendo os castelos de areia ruindo… Quero um autógrafo do Christopher Nolan.

1008-inceptionposter

Aliás, muitas pessoas este ano não fazem só a retrospectiva do ano, mas da década. Sobre cinema, o blog da Ana Maria Bahiana tem um post bem legal sobre isso.

Ufa! Você conseguiu ler até aqui? Parabéns!!!!! Hahaha
Grande abraço e que 2011 seja outro ano incrível. :D

Anúncios

2 Replies to “Retrospectiva 2010”

  1. Oi, Dê!

    Feliz 2011 para vc tb!
    Adorei a foto com parede rosa e fotos da Amélie… Vc fez isso no seu quarto? ^^
    Ficou lindo!

    beijo

    1. Haha!
      Não, Biriba! A parede rosa e as fotos são de um espacinho escondido no Café em Paris, em que foram feitas as filmagens do Fabuloso Destino de Amelie Poulain… O café é bacana, mas sem a lente do diretor não é a mesma coisa… ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s