127 horas

(127 hours / 2010) ***
A história: um alpinista sofre um acidente e fica preso por uma pedra em um local totalmente isolado.
:D: Vejo um ponto em comum em todos os filmes de Danny Boyle: ele viaja nas ideias. (Acho mesmo que ele usa muitas drogas ou talvez só erva, mas enfim). Dito isso, também adoro as escolhas musicais pros seus filmes, também me surpreendo bastante com as diferentes formas pelas quais ele experimenta contar uma história, e pela variedade de temas em si. Neste filme, isso tudo está lá, inclusive o desespero de seus personagens principais, que sempre são testados ao limite. Não são filmes pra qualquer espectador, mas são no mínimo interessantes. É uma história difícil de colocar em tela, mas a alternância com os sonhos e as lembranças buscam deixá-la mais dinâmica, até divertida por vezes. Eu não me empolguei tanto com o filme, mas me perguntei: se eu estivesse no lugar de Aron, o que será que eu faria?

110221-127hoursbookcover
(acima, não o cartaz do filme, mas capa do livro – o verdadeiro Aron Ralston)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s