Como era pra ter sido os últimos 15 anos

De modo que era pra ter sido assim (explicando ao anjo da guarda):

 

Dos 15 aos 17 eu deveria ter estudado japonês e piano/teclado por conta própria (tinha tanto tempo! Mas ficava sonhando em fazer filmes com o Spielberg).

 

Quando voltei ao Brasil, aos 19, tudo bem fazer cursinho. Mas aos 20, deveria ter parado por ali e seguido com o teatro. E feito Tradução e Intérprete na Unibero mesmo (ao invés de ficar insistindo com audiovisual na USP). E já arranjado um carro pra dirigir.

 

Aí, aos 24 eu já poderia pegar trabalhos em tradução e dublagem, freelas mesmo, pra construir carreira. E tentar vestibular de novo pra cinema, desta vez com mais opções de bolsa.

 

Assim que, hoje, eu já saberia no mínimo 3 línguas, tocar um instrumento musical, teria feito 2 faculdades e poderia trabalhar com qualquer coisa que eu gostasse. O que aconteceu?

 

Eu fiquei viajando toda a vida.

 

Agora, será que o universo decidiu radicalizar comigo? “Você não vai conseguir mais viajar, o negócio é sério agora, D”. Sabe aquela história da namorada que dá uma planta ou animal de estimação pro parceiro, pra ver se ele consegue se comprometer a cuidar de algo? O universo me deu um baita bichinho pra cuidar! Dá até pra achar que é preparação mesmo pra eu casar e ter filhos em breve. Não tô falando do meu avô, mas da avalanche que veio pra cima de mim e eu, uma insignificância de vida acuada, sou jogada de para-quedas nesse redemoinho que é a vida de uma quarentona dona de casa… com um monte de coisas pendentes, querendo “limpar a casa” pra dar boas vindas pro novo ano – um ano que eu espero ser muito bom. Mas eu não tô conseguindo lidar com tudo, peço desculpas a todo mundo que me conhece, estou sendo levada em cambalhotas nessa avalanche com murros de gelo. Acho que nem vai ter retrospectiva de fim de ano por email!

 

Universo, meu velho, não tá rolando suave, hein.

 

Anúncios

2 respostas para “Como era pra ter sido os últimos 15 anos”

  1. Seu post está muito depressivo! Mas e os sorrisos de 2011 que vc esqueceu? E por que esqueceu deles!!!?!?! Não, Dê, seus comentários estão muito pessimistas. E pelo o que eu me lembro, vc escreveu e-mails felizes esse ano também!

    beijos

  2. Respondendo com muito atraso… bem, eu sou melancólica por natureza, e escrever por aqui é uma bela terapia gratuita pra mim! Então, nem só de sorrisos viverá este blog… hehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s