Curso – dia 1

Esta semana eu vou aprender um pouquinho mais de cinema, ontem foi o primeiro dia do curso Teoria e Linguagem Cinematográfica.

Não que eu vá deixar de escrever as bobagens que pintam por aqui, mas pelo menos vou entender melhor como um crítico profissional olha para um filme. E, diga-se de passagem, eu tava precisando fazer um agrado a mim mesma, não? Uma semaninha só, pensando em cinema :)

Ontem eu aprendi que tudo o que faço é errado, só olhar pra historinha (mas, ei, eu só queria escrever roteiros) e pros atores bonitões, por exemplo. Ou falar “nem vale a pena”. Ou… ah, tanto faz, né, já expliquei várias vezes que este é um blog pessoalíssimo. Ou seja, eu vou continuar escrevendo meus sentimentos particulares por aqui.

Mas agora posso usar palavras como rack focus, decupagem, profundidade de campo, planos longos, plano americano, plano detalhe, contra zoom…

Vai ser uma semana divertida xD

Anúncios

3 Replies to “Curso – dia 1”

  1. Wow! Que felicidade ver você estudando! ^^
    É, eu sou péssimo com roteiros. Eu queria ser é diretor, mandar e fazer a coisa acontecer é o que há, hehe. Ou fotografia também seria uma boa.

    Será que será um curso que indicam os dois maiores clichês cinematográficos já feitos pra assistir? O “Nascimento de uma nação” e o “Encouraçado Potemkin”?

    Ou pior ainda: Voyage dans la lune (não sei se é assim que se escreve, maldito Meliés!

    1. Alain, seu herege! Como assim? Meliés é maravilhoso!!! E os outros dois filmes que você citou são icônicos, não são clichê (os que vieram depois podem ter transformado o negócio em clichê, mas aí já é outra história…).

      E, sim, eu sou chata assim, defendo meus queridinhos do cinema! hahaha

      Mas é melhor fotografia pra ti, pq vc não manda em nada! huahuahua xP

  2. kkkkkkk!

    Ah, mas Birth of a Nation eu cansei de ver! Foi o primeiro filme nazista antes do nazismo, hehe. Méliés é uma bosta, a começar por ser FRANCÊS!

    Eu se fizesse um curso de cinema eu falaria de cara com Metrópolis, e faria a galera ficar com medo de cinema depois de ver a cara da Brigite Helm com aqueles olhões azuis e aquela trilha sonora medonha! Nunca mais iam querer entrar numa sala de cinema! Hahaha!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s