Violeta foi para o céu

(Violeta se fue a los cielos / 2011) **

11-violetafoiparaoceu

História: voos e o depenar da artista Violeta Parra.

:D: na minha santíssima ignorância, adoro que o cinema me leve nessas aventuras pra conhecer outras culturas e artistas – mesmo que não em ordem cronológica, e talvez isso se deva ao próprio espírito inquieto da artista em questão. Entre cortes de entrevista, momentos e trabalhos, voamos conforme o vento. Duras penas: de garotinha já quebrando violão, autodidata; um bumbo palpitante para os mineiros; altar para um bebezinho (que primeiro nos toca pelo caso de um senhor que não quer cantar e depois reganha significado); de vestido azul, com todos os soldados e a pomba branca aplaudindo; mostrando tapeçarias no Louvre ou pedindo respeito na cara de todo mundo; construindo um ideal numa “tenda universidade”. Há um ranger, porém, que pontua toda a trajetória, e um passarinho vem nos contar que os corações inquietos soltam gritos maldizentes – são corações nos quais as garras de gaviões podem incidir mais profundamente.

 

“é o povo que me motiva a fazer todas essas coisas”

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s