Clássico: Tempos Modernos

(Modern Times / 1936) ****
1936-moderntimes-cog

Historinha: um operário de fábrica em confusões pela cidade.

:D: sempre que vejo algum filme de Chaplin, lembro que preciso ver mais… Chaplin! Este aqui é mais conhecido pelo seu início, com as cenas da linha de produção na fábrica. Fora a graça de ver um aparelho de café da manhã ser testado nele, tem a crítica presente no operário que fica tão automatizado que sai apertando botões na rua (no vestido de uma senhora…), e fica doente com o trabalho.

A crítica também se faz presente num pequeno detalhe, como uma cena de pessoas saindo do metrô depois de uma de um rebanho… Ou quando, em meio à fuga da polícia, o operário acaba pegando um pano e sem querer participa de uma contestação de rua (provavelmente de bandeiras vermelhas). Na verdade, fiquei sabendo que isso foi motivo para Chaplin ser exilado, por simpatia ao comunismo.

No filme, o moço também encontra uma moça pobre e a defende do roubo de um pão, arranja comida pra ela, conhece o local miserável onde mora. Ou seja, ainda cutuca a ferida das diferenças sociais… Depois arranja um trabalho de vigia numa loja de departamentos e os dois se divertem pelas lojas durante a noite – desde aquela época já existia esse “sonho de consumo”! Eles fogem da polícia juntos, vão parar num restaurante. Ela trabalha se apresentando e ele tenta servir como garçom, mas acaba também em um número de música.

1936-moderntimes-smile

Entre as diversas desventuras, nada dá certo, eles acabam na estrada rumo ao horizonte – pelo menos tem um ao outro, com a esperança de um caminho, ao som de “Smile”… Interessante notar que o som já era usado nesta época, mas Chaplin opta por não incluir diálogos, o som geralmente está relacionado aos aparelhos (do interfone da fábrica, do rádio) e ele faz um pequeno “repente” com palavras de um idioma que não existe, que não faz sentido em palavras, mas fica muito divertido de se ver.

Portanto, Tempos Modernos marca mesmo uma época, está cheio de detalhes marcantes e é simplesmente agradabilíssimo de se ver, mesmo depois de tantos anos. Não é à toa que está na lista dos “mais mais” de muita gente por aí.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s