Mostra SP for “poor dummies”

2013-37mostra-poster

Qualquer pessoa que me conhece sabe que eu gosto de cinema. Gosto de ver filmes, seja um Tarantino, uma comédia romântica hollywoodiana ou um russo desconhecido. Mas eu não sou cinéfila, não vejo 5 filmes por dia (embora, se eu pudesse, talvez o faria), não entendo da arte tanto assim – simplesmente gosto, me encanta.

Eu voltei para o Brasil para tentar fazer uma faculdade, e quando eu fazia cursinho pré-vestibular para audiovisual, descobri a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Apesar da enorme variedade de títulos que a Mostra sempre oferece, eu sou pobre… e não posso arcar com um pacote de 200 reais – nem teria tempo, porque a gente é peão e trabaia…

Ou seja, eu sou apenas uma “poor dummy”…

O que não significa que não podemos aproveitar um pouquinho desse evento anual tão especial. Nesses últimos dez anos de Mostra, eu confesso que teve ano em que não aproveitei nada, por uma condição ou outra, uma circunstância aqui, um cansaço acolá, uma preguiça, várias frustrações… A abordagem este ano é um pouco diferente: é tentar provar que mesmo pobre ou sem muito tempo, dá pra aproveitar a Mostra, sim, senhor. Nem que seja só um pouquinho.

Regras do jogo?

1) Vamos evitar aqueles filmes que sabemos que vão estrear em breve, porque com tanta opção, a Mostra é uma oportunidade para conhecer algo diferente! Esses “grandes” a gente pode ver depois, com mais tranquilidade… (pelo menos pra mim, que não sou tão ansiosa, nem jornalista, não preciso ver um filme antes que todo o resto do mundo)

2) Locais com entrada gratuita! Faap, Matilha Cultural – os CEUs ficam longe de mim… Vão Livre do Masp – uma beleza, ao ar livre, sempre tem uma galera engraçada no meio, eu adoro parar um pouco da correria na volta pra casa – se for pelo cinema. Entrada a 1R$CineOlido, CCSP. Particularmente, o CCSP funciona muito pra mim, pois posso ir andando até ali do trabalho, e enquanto a gente espera pela sessão, tem sempre alguma exposição, uns adolescentes ensaiando passos de dança, ou de repente, até dá pra ir na biblioteca ler um gibi.

3) Pobre que é pobre faz farofa. Mentira, eu não levo nada que seja melado, cause migalhas ou cheire muito forte pra dentro da sala escura. Mas… gastar com Frapuccinos por dia não está entre minhas opções de bolso, além de não gostar de pagar o dobro do preço por alguma guloseima nas bombonieres… Então, vamos levar lanchinhos sim (uma barra de cereal, um chocolate), pra não desmaiar, e talvez até dê pra engolir entre uma sessão e outra.

4) Promoções e praticidade. Infelizmente eu não tenho carteirinha de estudante para participar do Festival da Juventude. Porém, com o cartão do Itaú dá pra conseguir meia entrada nos Espaços Itaú (Frei Caneca e Augusta). Não sei se o cartão Cultura + também funciona assim. Algo muito prático também é escolher sessões de cinemas próximos… ou tiro a tarde toda para ir na região da República, ou para a Paulista – não dá pra ficar atravessando a cidade e perder esse tempo.

5) E uma “dummy” como eu, escolhe o que vai ver de que jeito? Esse último item é muito subjetivo, cada um tem suas próprias preferências… o que eu faço é tentar ter o “gostinho” de cada coisa: um dia pegar sessão com diretor convidado, outro, pegar uns novos em competição, pegar pelo menos um da Retrospectiva, um do homenageado, até dou uma espiadela em indicações, talvez um guia, acrescente-se as restrições impostas por salas e horários, um espírito aventureiro (pronta para o que vier, surpresa boa ou ruim), intuição para títulos e sinopses… e voilá!

É, cada um tem a sua Mostra, vamos ver como será este ano! Sorte e bons filmes a todos!

Anúncios

3 Replies to “Mostra SP for “poor dummies””

  1. Já fui no sábado! Saindo do templo corri pro cine da Livraria Cultura, tomei um susto em pagar dezenove reais, mas tenho que admitir que valeu cada centavo. Tirei foto até com o diretor! E bati um papo com o maluco. Vi o filme “Only in New York” (http://37.mostra.org/br/filme/40-SOMENTE-EM-NOVA-YORK), filme que só pela sinopse me deixou curioso: um cara árabe acaba tendo que se casar com uma judia! Só acontece na ficção mesmo, hehe. Eu vou escrever mais sobre no meu blog, porque achei o filme genial!

    1. 19 pilass? Ta louco, acho que te ludibriaram! hehehe Até onde eu sabia, a inteira oficial é 15 reais… Ah, não, eu vi! 19 de final de semana XP… Que legal, esse filme me interessou também, mas acho que não vou conseguir pegar nenhuma sessão dele… Quando eu tiver um tempinho passo no seu blog! abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s