Selma

(Selma / 2014) **

 
2014-selma
 

Historinha: Martin Luther King e compatriotas na luta pelo direito de votar.

:D – a cena em que é negado o direito de voto para uma senhora negra, por ela não conseguir nomear as 67 cadeiras, é precisa, sem melodrama, ao estabelecer um problema, que depois veremos ter outras implicações.

–  as cenas em que são mostradas mesmo a violência generalizada só pela discriminação (os cassetetes não distinguem mulheres, idosos ou crianças).

– os diálogos entre as autoridades poderosas, mostrando que além do movimento popular existem sim as estratégias de poder.

– as pontuações de supostos registros oficiais de grampos escritos na tela, aumentando a credibilidade do espectador sobre alguns fatos.

– Martin não é um mito soberano, vemos as fraquezas e entendemos que muitos foram levados pela eloquência de seus discursos. O ator está bem competente nessa caracterização e sutilezas.

D: – um filme correto, pra entendermos esse passo na história norte-americana. Mas não marcante.

 

Selma foi indicado ao Oscar para as categorias de melhor canção e melhor filme.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s