Holy Burger

Mudança de casa no início de Maio e junto com o friozinho parece até que o blog hibernou, certo? Bem, que tal um post sobre hambúrgueres, que não faz mal a ninguém?

Este cantinho foi aberto no final de 2014 e já apareceu em muita mídia por aí, tem uma historinha legal por trás de seu início (segundo o blog do Hamburger Perfeito), não precisa exatamente de divulgação, mas venho aqui contar minha própria experiência simplesmente porque gostei mesmo.

 

 

Vimos que a casa abria de sábado 12:00, então decidimos ir cedo e não pegar fila. Deu certo! Estávamos em quatro e pegamos uma mesinha lá dentro. Gostei da ambientação que fizeram, com umas lâmpadas louquinhas, um look de lugar meio abandonado, mas cool, com quadro do Miles Davies e tocando musiquinha bacana ao fundo.

20160430-holy-inside

Naquele cantil pendurado ali tinha alguma frase do Jack Daniels


Pelo que andei lendo, eles renovaram o menu – o que acho ótimo, adoro opções diferentes. Só que desta vez, tenho que confessar que escolhi o burguer errado pra mim.

20160430-holy-menu1

Eles tem um molho de pimentas jalapeño!

20160430-holy-menu2
O bom é que como eu estava com outras pessoas que gostam de experimentar, deu para saborear 3 hambúrgueres diferentes da casa. E, bem, como de praxe, vocês devem saber que eu ADORO lemonades, então não teve outra opção para bebida. E a pink lemonade deles é natural e bem boa sim.

Aos lanches:
20160430-holy-chilli

O lanche que eu pedi foi esse aí acima, o Chilli (queijo cheddar, molho chilli, sour cream, farofa de bacon, cebolinha). Sim, fiquei com uma carinha muito feliz ao vê-lo chegando à minha mesa. Bela apresentação, apesar de simples, veio numa bandejinha que parece uma mini assadeira. E, como sempre pedimos, ao ponto.   20160430-holy-aoponto

 

Nosso amigo Leno pediu o Pony Line (hambúrguer dry aged 50 dias, melaço de bacon, cheddar inglês). E, olha que esse melaço de bacon até que deu certo? Nunca tinha provado isso, é docinho, mas é bacon. Bom! A carne dry aged não me pareceu tãooo diferente das outras, mas tudo bem.  20160430-holy-pony

Agora, vocês devem estar se perguntando: “como? Não vai ter nenhum comentário trocadilho aqui, dizendo ‘holy burger!” (traduzindo como nos tempos de Batman e Robin, “santo hambúrguer, Batman!”). Pois olhem este aqui:

20160430-holy-mrchrisp

Sei que vocês podem não dar nada pra ele, mas ele é a razão pra eu ter dito lá no início que eu escolhi o hambúrguer errado pra mim. Esse foi o pedido do meu irmão e é o que EU deveria ter pedido! O Mr. Chris P. (olha que nome espertinho) vem com molho barbecue de cerveja (exótico, hmm tá pra mim), cebola frita (ei, isso é pra mim mesmo!) e gorgonzola (definitivamente pra mim!). Além de tudo isso, meu irmão ainda acrescentou bacon (ai, meu coração). E é ele que mereceu o meu “Holy Burger!”

ok, ok. Ainda não acabou. Temos as sobremesas. Eles têm um pudim que é desenformado por você da latinha! Mais um gracejo. Só que eu ando com um paladar mais sensível pra doces ultimamente e imagino que ficaria doce demais pro meu gosto comer ele todo.

20160430-holy-puddingantes 20160430-holy-puddingdepois

O meu pedido foi o cheesecake. É, exatamente. Aquela sobremesa que eu nunca sei qual seria a receita certa, o ponto que deveria ser originalmente, e daí saio experimentando por aí (e nunca achei um igual ao outro). Este pedaço deles veio bonitão.

20160430-holy-cheesecake

Embora… as aparências podem enganar. Para mim, pelo menos, não foi muito satisfatório o “creme” do cake, tava mais pra amanteigado e a calda também não ornou tão bem, gosto mais azedinha, ficou meio enjoativo pro final. (Mas, claro, isso é pra mim. Principalmente em matéria de cheesecake, cada um deve ter um gosto diferente) Então, sorry, mas ainda prefiro o do ZDeli.

Pra finalizar, só vou comentar então qual foi o ponto alto desta visita pra mim! Foram as batatinhas! Ó, santas batatinhas infinitas! Diferente de outros lugares, elas tem um corte mais fino e vem crocantes, com a maionese da casa – de sabor e consistência como tem que ser – e duraram muuuito. Pedimos logo no início a porção grande, deu pra todo mundo e posso afirmar que prefiro assim do que as batatinhas do Mac (aliás, tive uma experiência terrível no Mac recentemente, inclusive com batatinhas secas, duras e velhas). E o preço é bem justo também.

20160430-holy-fritasgde

No quesito atendimento, a Holy mandou muito bem também. Nossa amiga queria algo sem lactose e até buscaram o saquinho dos pães pra ela ver os ingredientes. Foram muito gente fina, montando um sanbuda especial pra ela.

Ou seja, no balanço geral, a Holy Burger está de parabéns e com certeza eu voltaria lá muitas vezes! Não é à toa que está sendo considerada uma das melhores hamburguerias da cidade.

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Holy Burger

  1. Pingback: Cabana Burger – :Denichan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s