BoJack Horseman – Season 02

O Netflix acaba de trazer episódios fresquinhos da 3a temporada, então pensei em terminar logo a segunda. Sem falar que ando naquelas épocas em que me sinto sozinha, sem amigos pra sair e fazer coisas junto, pensei em pegar emprestado amigos de alguma série – tipo fazer maratona e ver todas as temporadas de How I Met Your Mother, só que são episódios demais, né… E na falta de elocubrações hollywoodianas (saudosa Entourage), o que me resta é esta série animada da Netflix. E é uma série sacana, sarcástica e sem dó da gente (às vezes tem uns episódios que podem deixar a gente pra baixo até!), mas sabe que entretem? Com algumas situações absurdas, tiradas imprevisíveis, personagens falhas… e quem disse que o nosso mundo também anda todo certinho?

***

E01 – Um novo sofá

Bojack ouve um audiobook de autoajuda, tenta ter uma nova atitude, mas para o filme dos seus sonhos Secretariat, ele precisa lembrar da mãe e ser o Bojack negativo de sempre. Diane tem a importante função de não deixar as pessoas tropeçarem no cabo, e Todd tenta dormir no carro, mas tem mesmo que enfrentar um sofá novo. :D – ótimo o diretor (voz de JK Simmons) escaneando BoJack! Me lembrou daquele filme com a Robin Wright, O congresso futurista (2013) ***.

 

E02 – Passadolândia

Todd constrói a própria Disneylândia (e dá-lhe piadinhas “So it’s a small world after all!”), toda capenga, com abelhas construtoras, haha. BoJack conhece uma coruja (voz de Lisa Kudrow, clueless as Phoebe can be) que esteve em coma por 30 anos então não o conhece, e ele se apaixona (quer até sair com roupas e sóbrio!), depois de várias garotas apenas quererem reprisar episódios do seu livro que virou um sucesso. Wanda também conhece Alex (voz de Joel Mchale, que trabalhou com Alison Brie em Community) que não soube que a Guerra Fria acabou e tem mais carisma que BoJack! :D – “There’s never a new Haley Joel Osment! / And there never will be”.

 

E03 – Ainda sem grana

Enterro e funeral do Herb, os ex-atores principais da série Horsin’ Around se reúnem novamente e buscam o “gold” do escritor. Princess Carolyn é ótima pra contar histórias e Todd fica super cool de moto, mas o encanto passa com apenas um diálogo com BoJack. :D – “A senha é… senha!” (depois de terem nos induzindo a pensar em “família”)

 

E04 – Depois da festa

É aniversário de Diane e Mr. Peanut Butter dá uma festa surpresa, mas o dia perfeito de Diane é arruinado. Bojack não dá risada da piada de Wanda, repensa o relacionamento e atropela um cervo. Pryncess Carolyn vê um garoto igual ao Vincent e ele tenta se explicar, “Por que você tem chocolate na sua boca?”. :D – o relacionamento dos celulares com Todd no meio, que nos lembra o filme Ela (2014) ****; o quadro de bolinhas de tênis e a piscina de gelatina e Diane aceitar o Starbucks e a indagação dela de que já tem 35 anos e não quer continuar acordando todos os dias sem um propósito… ah, e claro, o Paul McCartney!!!

 

E05 – Galinhas

A gente já tinha visto que esta série animada inclui suas críticas em meio à loucura de uma vida nessa suposta Hollywood e este episódio ataca gratuitamente a indústria do frango frito, tão popular nos Estados Unidos. Ao mesmo tempo, BoJack tenta fazer com que a diretora goste dele :D – Fantástico os “diálogos” com a galinha! Conseguiram fazer as galinhas “pra comer” e as que podem matar sua própria espécie, ainda aparecendo na TV como uma produção mais “orgânica” hahaha, o melhor para as galinhas – e a gente vai com Todd nessa! E aqueles policiais tentando definir o “Miaumiau”? “Então tudo o que salvou a galinha foi BoJack ser amigo da Drew Barrymore?” e as vendas aumentando…

 

E06 – Amor elevado

Sr Peanut Butter descobre que está falido, mas é um show pra vender sapatos (a briga com o flyer deve acontecer na vida real?). Depois que seu agente morreu de “asfixia autoerótica”, a agência de Princess Carolyn tenta recrutar os ex-clientes e seu amigo a ajuda a encontrar J.D. Salinger (voz de Alan Arkin!), que fingiu a própria morte. BoJack tenta fazer Wanda admitir que o ama fingindo que vai também tentar a tal asfixia…

 

E07 – O lado escuro de Hank

O hipopótamo Hank é carismático há anos com seus programas na TV, num tour do livro, Diane relembra acusações de casos com suas assistentes e ela não quer deixar barato, apesar do crescente sentimento de raiva do povo contra ela e do marido querer fazer um show com o hipopótamo. O príncipe da Cordóvia troca de lugar com Todd! :D – Matthew Fox parece mais lobo que Scott Wolf! Em vez de “Vanity Fair”, “Manatee Fair” e claro que desistirem da matéria não tem a ver com todas aquelas grandes companhias, ah, inocente Diane e seu toblerone gigante…

 

E08 – Vamos descobrir

A primeira noite do novo programa de Peanut Butter conta com o cão zoando muito BoJack, Todd também quer ser alguém e conseguir a caneta do JD; Wanda só acompanha tudo pela segunda tela; Daniel Radcliffe! :D – a entrada do episódio com a câmera seguindo-os pelos bastidores como Birdman (2014) *** e nos lembra Studio 60 on  the Sunset Strip (2006)***. “Eu gostaria de dizer…….. Elijah Wood” hahahahaha Melhor frase final que o episódio poderia ter.

 

E09 – The shot

BoJack insiste em fazer a cena com Nixon e por incrível que pareça o seu plano de entrar na Casa Branca dá certo (whaaat?!), convocando uma Princess Carolyn que não sabe se prefere uma vida tranquila numa pintura bucólica, Margot Martindale que acabou de sair da prisão, e até o segurança filho perdido de Nixon. Diane percebe que não está salvando vidas e volta para Los Angeles sem Peanut Butter saber. :D – Ethan Hawke é, claro, um gavião.

 

E10 – Sim, e…

Todd entra para um grupo de improviso, que BoJack e Diane dizem ser um culto (mas claro que cientologia não é um culto). Diane não faz nada o dia todo e BoJack está chateado porque o filme dos seus sonhos se tornou uma bomba, briga com o diretor que é medíocre (voz do Garry Marshall!) e Wanda sai de casa. Quando foi a última vez que BoJack se sentiu feliz de verdade?

 

E11 – Fuga de Los Angeles

BoJack descobre que Charlotte (Olivia Wilde) está casada e tem dois filhos, mas passa um tempo com eles e compra um barco. Leva a filha dela para a festa de formatura, faz a amiga ficar bêbada, propõe fugir com Charlotte, e acaba tendo que voltar pra casa…

 

E12 – Out to the sea

Todd decide ir num cruzeiro de comédia, apenas para descobrir que o mentor Copernicus (Liev Schrieber) é uma fraude. Princess Carolyn percebe que o tal divórcio de Rutabaga não está saindo e decide montar a agência sozinha. Pede a Diane que trabalhe fazendo twitters pra famosos (hey! Isso existe mesmo?) BoJack descobre que terminaram o filme com sua versão digitalizada, mas já preveem que ele entrará na corrida pro Oscar, tem um orfanato quase em nome de Herb, resgata o melhor amigo do culto do improviso e tenta se recompor de novo – mas o mais difícil é que a gente tem que se dedicar todos os dias. Sim, pois é, pois é.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s