The Burger Map

Então vocês acharam que só apareceria por aqui agora os alimentos saudáveis que pretendo incluir na minha nova tentativa de dieta contra a diabetes. Mas… é simplesmente muito divertido experimentar um hambúrguer diferente pela cidade por mês.

A hamburgueria da vez foi o The Burger Map, localizada em Santo André. Dependendo de onde estiver, é um pouco longe e meio difícil chegar lá. Nós pegamos o trem até a estação Prefeito Saladino, depois andamos um bom pedaço.
20160903-burgermap-front

20160903-burgermap-ambiente1

Quando visitamos o website deles, sabemos um pouco como criaram seus hambúrgueres: inspirados em uma viagem pelos Estados Unidos em que experimentaram lanches dos diversos estados, cada um com suas peculiaridades. E adaptaram para criar o menu que podemos ver pelo website mesmo, aliás, super ponto positivo que incluíram também os preços, seria legal que outras casas fizessem o mesmo e não tivéssemos uma surpresa ao chegar no local.
20160903-burgermap-mat

A decoração da casa conta, obviamente, com elementos norte-americanos, talvez até angariados durante as viagens? Tem cueca com desenhos de hambúrgueres e, claro, o bonequinho do Dudu, aquele personagem do Popeye que está presente em várias hamburguerias.
20160903-burgermap-decoracao

20160903-burgermap-ambiente2

Um item interessante foi ver um quadro daquela delicatessen famosa em Nova Iorque, considerando que eles são especialistas em pastrami, e a Burger Map traz pro cardápio um sanduíche com pastrami e pastrami fries! Lógico que essa foi a entrada que pedimos.

A Pastrami Fries deles é gostosa, com um cheddar que é consistente (não aqueles molhos baratos que tem por aí), mas acho que ainda prefiro as da Z Deli.
20160903-burgermap-pastramifries

Para beber, eu quase pedi a pink lemonade deles, porque adoro experimentar lemonades, mas vai ficar para uma próxima visita. Eu queria algo diferente e pedi a soda caseira sabor abacaxi e jalapeños! Como no website deles não tem a carta de bebidas, posto aqui pra darem uma olhada nas opções, dá pra escolher uma boa cerveja pra acompanhar os burguers.
20160903-burgermap-beverages1

20160903-burgermap-beverages2

20160903-burgermap-sodajalapeno
A soda com sabor de abacaxi tem mesmo a nota acentuada de jalapeños. Exótico.

 

Inclusive, no menu, eles indicam o melhor tipo de cerveja para combinar com o lanche. Nós sentamos no balcão, onde podemos fazer os pedidos dali e um funcionário foi bem simpático para recomendar uma boa cerveja, embora tenhamos recusado por não saber ainda o que pedir.

O problema é que são tantas opções de burguer que a gente fica meio perdido, e pode demorar um tempinho – principalmente pessoas indecisas como eu… Mas, ao final, o que escolhemos:

O Sunnyside Burger (com requeijão de corte, bacon, cebola caramelizada e ovo frito). Super bonitão e com a gema naquele ponto ainda molinho que vai se espalhar quando você apertar o burguer (adoooro).
20160903-burgermap-sunnyside

E o Blue Ring Burger (com molho barbecue, bacon, onion ring e queijo gorgonzola). Eles aproveitam o círculo da onion ring para colocar o gorgonzola, e o queijo vem como deveria – cremoso, diferente daquele lanche seco do Wendy’s. Eu não sei se estou desacostumando de comer essas coisas super calóricas, mas achei um pouco forte demais na gordura. Faltou uma folha de rúcula ali pra balancear. Aliás, nenhum lanche da casa tem muito dessas frescuras (no máximo alface e tomate), então já saibam quando forem lá.
20160903-burgermap-bluering

Mas no geral, é bem saboroso. Um ponto negativo é que não perguntam pra gente como queremos a carne, embora no menu esteja escrito qual é o ponto da casa. Talvez, se a gente quiser algo diferente (bem passado ou mal passado), podemos pedir?

20160903-burgermap-aoponto
o hambúrguer deles ao ponto

 

E o que achei mais legal foi isso:
20160903-burgermap-amparador
Outra coisa que todas as casas deveriam adotar. É um tipo de amparador. Colocam embaixo do hambúrguer, de modo que facilita a gente pegar o lanche da cestinha. Muito legal.

Pra terminar, a sobremesa que sempre pedimos e é diferente sempre: o cheesecake com calda de frutas vermelhas. Olha, taí, acho que encontrei o cheesecake verdadeiro, a receita como deveria ser. Gostei muito dele, a massa do “biscoito” é fina, a parte do creme não tem gosto acentuado de queijo e é aeradinha, a calda não tava doce demais, um azedinho leve para contrastar. Perfeitinho.
20160903-burgermap-cheesecake

Não sei se posso dizer que vale a pena dar uma voltona na cidade pra ir até o Burger Map, depende de cada um. Eu gosto de conhecer novos lugares e voltaria lá, com certeza, pra experimentar o tal burguer com pasta de amendoim ou o de molho de pimenta verde. E o cheesecake realmente fechou bem nossa empreitada!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s