Game of Thrones – season 03

Senhoras e senhores, chegamos na temporada 03 de Game of Thrones! Minha maratona está seguindo, ainda não estou na metade, mas acho que vou realmente conseguir chegar até o final. E uma das razões pra isso (e um dos elementos que realmente fazem de uma série boa) é termos personagens bem construídos. Alguns que nos cativem, alguns que nos surpreendem. Como foi bom nesta temporada ver que um personagem pode ter diversas camadas, ver o Jaime Lannister perder a mão e ganhar um pouco de alma e coração.

E como é bom nos surpreender com um roteiro que traz reviravoltas sem medo, putz ninguém esperava mesmo aquela festa de casamento, não é? E eles ainda contam com bons efeitos visuais (aquela escalada nas paredes de gelo) e figurinos dignos (em especial para a Daenerys, que ela merece né). Os diretores mudam sempre, mas gosto de algumas coisas que às vezes eles conseguem, combinando ideias e imagens que provocam.

Quero ver como os dragões continuarão crescendo, o que será do Jaime agora e da Brienne, o quanto mais Arya vai aprender, quais serão os novos personagens que encontraremos, como vamos nos surpreender agora?

 

E01 – Valar Dohaeris

Sam é salvo pelo comandante que pergunta se ele enviou os corvos, como a resposta é negativa, o grupo terá que voltar para a muralha. Jon Snow finalmente chega até Mance, que pergunta por que Snow quer se juntar a eles, Snow conta sobre a oferenda de Craster e que quer lutar contra os White Walkers. Tyrion recebe a visita da irmã, que quer saber o que ele falará ao pai, Bronn se tornou cavaleiro e é chamado por Tyrion, que terá que pagar o dobro para ser protegido. Tywin pergunta o que Tyrion quer, depois de explanar tudo o que fez pelo reino pede pelo Rochedo Casterly, mas o pai só acha que ele é uma vergonha para a família, com suas prostitutas. Davos acorda e um grupo de piratas o resgata, mas o líder não quer ajudar Stannis. Davos chega na Pedra do Dragão, para ser provocado pela bruxa de vermelho e ser colocado numa cela por Stannis. Robb chega a Harrenhal para ver muitos homens mortos e um Qyburn vivo. Sansa observa os barcos partindo, Baelish avisa para a garota estar pronta quando ele receber uma missão em outra cidade. Daenerys está em alto mar e os dragões já cresceram mais. Milady Margaery pára numa visita a um orfanato, no jantar ela menciona como os Tyrell estão ajudando a abastecer a cidade com alimentos. Daenerys vai ver o exército dos Imaculados (com uma intérprete gerando um diálogo bem interessante), é quase morta por um bicho venenoso de uma menina que parecia graciosa, salva por Barristan Selmy, ex Guarda Real que agora promete lhe servir.

 

E02 – Dark wings dark words

Bran sonha que os irmãos lhe ensinam o arco, mas seu irmão mais novo Rickon diz que ele é o corvo de 3 olhos; acorda para continuar a jornada com Hodor e Osha. Catelyn recebe notícias da morte de seu pai, e Robb também tem notícias de Winterfell, que não sabem mais dos meninos e Cat pergunta sobre Theon, que está sendo torturado. Na floresta, Cat conta a Talisa sobre ter feito antes uma mandinga de proteção para Jon Snow quando teve catapora, culpando o horror da família por não conseguir amar um bastardo. Cersei tenta alertar Joffrey que Margaery faz tudo por uma razão, mas o pentelho nem dá ouvidos; Sansa conhece a avó de Margaery e perguntam a verdade sobre Joffrey, sem medo. Margaery é na verdade bem esperta, mostrando interesse na arma de caça de Joffrey. Jon Snow entende que os clãs se uniram sob liderança de Mance pra sobreviver, e conhece um Warg (que consegue ver pelos olhos de um animal). Arya e os amigos estão meio perdidos e Gendry faz a pergunta que todos os telespectadores já fizeram (por que não pediu pra matar Joffrey, acabado com a guerra? Haha), encontram o grupo de Thoros, que é da Irmandade. Após uma refeição, Thoros os deixaria ir, mas capturam Hound e ele reconhece Arya. Bran se encontra com Jojen e a irmã Meera, até o lobo cede, continuam no caminho e Jojen diz que o corvo já é diferente de um Warg, pode-se ver o futuro ou algo distante. Jaime consegue roubar de Brienne uma espada e os dois duelam, até que os homens de Bolton (que serve Robb até onde sabemos) os encontram após um homem da estrada ter reconhecido o Regicida Jaime.

 

E03 – Walk of punishment

Em Riverun, Cat dá adeus ao pai e Robb repreende o tio Edmure por ter levado 200 homens à morte por capturar 2 bisnetos do tio de Tywin; já o tio de Cat, Blackfish, consola a sobrinha dizendo que tem que ser forte e acreditar que os filhos vivem. Numa reunião de conselho, Tywin nomeia Tyrion o novo responsável pelas finanças do reino, enquanto Baelish poderá se ausentar; o anão dá de presente a Podrick três prostitutas e quer saber detalhes quando o garoto volta e diz que elas não aceitaram pagamento, também preocupado sobre o quanto devem ao banco de Bravos. Um jovem ajuda Theon a escapar, a mando da irmã, inclusive com flechas, após perseguição com cavalos. A bruxa vermelha parte sem Stannis saber para onde e querendo outro filho, mas ela diz que seu fogo está fraco. Arya se despede do amigo gordinho que ficará numa hospedaria do pessoal de Thoros. A Patrulha da Noite para na casa de Crasten novamente e Sam vê Goiva (Gilly) ter um menino. Jon Snow é enviado junto de um grupo para tomar a muralha, ao sinal de Mance. Daenerys passa pelos escravos expostos em Astapor, que servem de exemplo para outros não cometerem o mesmo erro; na negociação por 8000 escravos e mais a intérprete como presente, ela oferece um dos seus dragões. Jaime avisa Brienne que será estuprada por seus captores à noite, e quando a levam ele conta ao líder sobre as safiras de Tarth, acha até que está levando o cara na lábia, falando sobre ouro e luta vencida, mas acaba perdendo a mão.

 

E04 – And now his watch is ended

Jaime cai do cavalo, pede água e acaba todo enlamaçado e com ameaça de ter a outra mão cortada. Ele diz que vai se deixar morrer e Brienne só joga na cara que aquele é o mundo real, em que pessoas perdem coisas importantes para elas, e ele acaba comendo o pão oferecido. Tyrion ouve de Varys a história de como ele perdeu suas partes inferiores e o eunuco ser contra magia negra, eles falam de vingança e ele revela o antigo feiticeiro dentro de uma caixa (uou, mais um trabalho ótimo de diálogo com imagem). Mais tarde Varys tem outra visita, Ros lhe passa informações de Mindinho, e outra cama de penas em seu navio que partirá para Eerie (Ninho). Procura a avó dos Tyrell e discute com ela uma solução para Sansa, por considerar Mindinho bem perigoso. Logo Margaery está conversando alegremente com Sansa sobre a possibilidade da Stark se casar com Loras. Os homens da patrulha reclamam que falam só dá honra de proteger o norte, mas nunca mencionam as pás e a merda com que tem que lidar. Após a morte de um, se rebelam contra Crasten e matam também o comandante Mormont, Sam pega Gilly e o bebê e fogem. Joffrey se anima a mostrar as tumbas dos Targaeryen para Marjorie e ela o incentiva a ver o povo, diz que eles o adoram por ter liderado a defesa de Kingslanding, para uma Cersei preocupada. Ela procura o pai, que não lhe dá confiança por saber que ela não é tão esperta quanto pensa e ele diz que vai tentar sim não deixar Joffrey fazer tudo o que quer. Theon finalmente percebe que fez a escolha errada e que o verdadeiro pai teve a cabeça cortada em Kingslanding, o aparente ajudante da irmã na verdade o traz de volta à sala de tortura. Arya e Gendry tem que usar capuz para não verem onde estão, Hound é julgado pelos crimes, terá que lutar com Dondarrion, que também acredita no tal deus do fogo. Daenerys recebe o poder do enorme exército e surpreende o mestre, falando Valeriano e mandando libertar todos, com um comando, seu dragão se liberta das correntes e ela consegue que eles lutem por ela como homens livres.

 

E05 – Kisses by fire

Hound consegue vencer a luta e será libertado, segundo o tal Senhor da Luz ele não é culpado. Jon conta sobre os três pontos vigiados na muralha e não resiste mais ao charme de Ygritte, tomando banho na caverna com a moça de cabelos beijados pelo fogo. Lord Bolton recebe Jaime e Brienne, Jaime não aceita ter o braço todo amputado, nem leite de papoula. Depois, na área de banhos, conta a Brienne como foi que matou o rei louco pelas costas (e não adoramos estes personagens tão bem construídos? Foi uma escolha bem mais difícil do que imaginaríamos a princípio). Gendry diz a Arya que vai ficar com a Irmandade, nunca teve família; Arya pergunta a Dondarrion como reviveu e comenta que reviveria o pai; os planos de Thoros é levar a menina até Riverrun, onde se encontra o irmão Robb. Lá, Karstark mata os meninos Lannister e apesar da mãe, Edmure e Talisa tentarem convencê-lo que precisa dos homens Karstark para a guerra, Robb o mata por traição. Mais tarde, atormentado, Robb percebe que pode tomar Casterly Rock. Stannis tem uma esposa que abortou três vezes e uma filha com cicatriz que mantém escondida; essa filha visita Davos na prisão, dizendo que o ensinará a ler. Barristan e Jorah conversam, com o velho da Guarda Real já querendo afastar o ex-contrabandista de escravos do cargo de conselheiro de Daenerys; a jovem permite que os escravos escolham seus nomes e Verme Cinza mantém o seu. Loras se engraça com um escudeiro que estava espionando para Baelish, e conversando com Sansa, a menina prefere não partir com ele. Sabendo do mote que os Tyrell preparam, Tywin demanda que Tyrion se case com Sansa e Cersei com Loras.

 

E06 – The climb

Sam conversa com Gilly sobre nomes de meninos. Osha e Meera brigam sobre qual delas tem mais habilidade em preparar um coelho, Bran faz as duas fazerem as pazes e testemunha como é mais difícil para Jojen as visões, tendo espasmos e avisando sobre Jon do lado errado da muralha, cercado por inimigos. Ainda com a Irmandade, Arya aprende um pouco mais de arco e flecha e presencia a chegada da bruxa vermelha Melisandre, que veio comprar Gendry. O louquinho do Ramsay continua a torturar Theon. Robb e Cat recebem mensageiros de Frey sobre um acordo e discutem a proposta, com Edmure tendo de casar com uma de suas filhas. Tywin tenta convencer a avó Tyrell Ornella, sobre querer que Loras se case com a filha Cersei, apesar de considerá-la velha, Ornella vai ceder. Enquanto os inocentes Loras e Sansa tentam um flerte, os irmãos Lannister Tyrion e Cersei discutem seus destinos, Tyrion tem que dar as notícias a Sansa (e que dó, falar na frente da Shae); e Baelish mostra que sabe da informante de Varys, enviando-a para um fetiche mortal com Joffrey. No norte, Jon escala o paredão de gelo junto com os selvagens e salva Ygritte apesar de outro ter cortado as cordas deles; conseguem chegar no topo e realmente a vista lá de cima é de tirar o fôlego.

 

E07 – The bear and the maiden fair

O outro selvagem Orell explicita para Jon como o entendimento de mundo dele é completamente diferente de Ygritte, e mais tarde propõe à garota que ele seria bom com ela, mas ela só quer o rostinho bonito do Jon Snow. Robb e Talisa tem seu momento sensual e ela peladona (claaaro, todas as mulheres fazem isso) escreve uma carta à mãe avisando que está grávida. Em Kingslanding, Margaery tenta consolar Sansa sobre a mudança de casamentos, Bronn joga na cara de Tyrion que a moça é bonita e ele se sente culpado por achar isso também, numa conversa à noite com Shae, a moça acha que ele se cansará e se descartará dela; Joffrey questiona sobre o que ouviu de Daenerys e não tem jeito, na presença de Tywen dá pra sentir no ar quem é o mais forte ali, mesmo num simples “você está sendo aconselhado agora”. A Targaryen chega a Yunkai e recebe seu governante para uma conversa, mas mesmo ficando com seu ouro de presente, ela pede que ele liberte os escravos ou invadirá a cidade. A Irmandade quer ir caçar uns Lannister e Arya tenta fugir. Theon recebe a visita de duas garotas que vieram lhe seduzir, sem entender direito se deixa levar para na hora H ser surpreendido por Ramsey que sabe da fama do Greyjoy e agora vai cortar fora o que lhe é mais precioso. Osha não quer saber de Jojen falando magia negra para Bran, mas o garoto diz que acha que existe uma razão para seus sonhos. Jaime promete a Brienne que devolverá as filhas de Catelyn Stark e então sua dívida com Brienne estará paga. Jaime para no caminho quando o Meistre conta que se divertirão com Brienne nesta noite mesmo e Jaime decide voltar. Em Harrenhal ela está numa arena com um urso, brandindo uma espada de madeira, Jaime pula para ajudar e os dois escapam do urso, depois pergunta ao capataz o que Lorde Bolton vai gostar mais, de recompensar seu rato de estimação ou que Tywin receba o filho de volta vivo.

 

E08 – Second sons

Arya foi pega pelo Hound, que promete levá-la para sua família, que estará reunida nas Twins para o casamento unindo as casas Stark e Frey, em troco de uma recompensa, claro. Daenerys recebe os líderes dos Second Sons, e está disposta a fazer um acordo com eles para dominar a cidade de Yunkai, embora os modos de um deles sejam terrivelmente grosseiros. Os três vão tirar a sorte para ver qual vai ir matá-la na calada da noite, e Daario Naharis vai aparecer quando ela está vulnerável em seu banho (mas ela não é fraca não, dá pra ver pelo modo que sai nua da banheira com toda a confiança em si). Daario não concordou com os outros e os matou, e pretende ajudar a Mãe dos Dragões. Na Pedra do Dragão chegam Melisandre com Gendry e vemos que Davos tem feito progresso em aprender a ler na prisão e Stannis vem para conversar sobre bons conselhos e não matar inocentes. À noite, no quarto, Gendry é aliciado por Melisandre com bebida e sedução, ela lhe prende na cama e coloca sanguessugas (sim, desconfio que até o final da série vamos ter visto todos os tipos de perversões sexuais) porque precisa do sangue de alguém da realeza. Antes do casamento, Cersei mostra as garras à Margaery “nunca mais me chame de irmã”, para a cerimônia Joffrey faz sua gracinha de acompanhar Sansa até o altar e retirar o banquinho de Tyrion, que tem que cobrir a noiva com um manto e precisa pedir para que Sansa se agache. Na festa, Loras até tenta uma aproximação, mas não tem conversa com Cersei; o anão bebe demais, mas não deixa de se impor a Joffrey que queria fazer a tal “cerimônia do acasalamento”, com Tywen apoiando ser só uma brincadeira e não ameaça, Tyrion leva Sansa para o quarto, ela começa a se despir, mas é claro que o anão é o melhor dos Lannister e não vai conseguir força-la a nada; pela manhã Shae também dá um sorrisinho discreto ao ver que no lençol não há manchas, portanto, não rolou nada durante a noite. Sam e Gilly continuam sua caminhada na neve, encontram um abrigo, mas serão abordados por muitos corvos e um dos White Walkers, descobrindo que vidro de dragão também mata de vez esses zumbis de olhos azuis!

 

E09 – The rains of Castamere

Bem vindos ao MELHOR episódio da temporada!

Robb planeja tomar Casterly Rock, planeja estratégias, mas desta vez busca aconselhamento com a mãe (caso tivesse ouvido Catelyn antes, não teria perdido Bran e Rickon em Winterfell para os Greyjoy). Frey mostra todas suas filhas para os Stark, Robb oficialmente pede perdão por ter se casado com outra mulher, Frey analisa Talisa e diz que entende as razões de Robb por uma mulher bonita; mas aparentemente Edmure vai se casar com a mais bela de todas as filhas (e esta cerimônia é um pouco mais bonita que a do Tyrion). Na hora de planejar a invasão, Daenerys ouve os conselhos de Jorah e a opinião do líder do exército (Verme Cinza), para decidirem seguir com o plano proposto por Daario. Na calada da noite, Jorah, Verme Cinza e Daario entram e parecem ter que enfrentar muito mais guerreiros do que esperavam. Daenerys se preocupa com a demora deles, mas retornam todos sãos e vitoriosos, inclusive Daario Naharis. No norte, os selvagens invadem a casa de um homem criador de cavalos; Bran e seus amigos estão escondidos em uma torre, e debaixo de chuva os selvagens querem fazer com que Jon Snow mate um velho enquanto Bran entra no lobo depois de relutar por não saber como e Jojen argumentar que está nele, é seu dom; Ygritte mata o homem por Jon e o “corvo” foge. Mais tarde, quando tudo se abranda, Bran descobre que ninguém consegue entrar na mente de um humano, apenas animais; ele pede para que Osha proteja o irmão e o leve para os Umber, já que ela se recusa a seguir mais ao norte. Hound mata um senhor que levaria gordura e porco para o casamento na casa dos Frey, para que ele e Arya entrem na festa camuflados; Arya conversa e diz que sabe que Hound tem medo do fogo (sabe da história de seu irmão e a cicatriz). Chegam a tempo de ver que algo não está certo, Arya presencia a morte de outro lobo – como o símbolo da casa deles é o lobo, simbólico de tudo que se desenrolará a seguir… Na festa de casamento, tudo parece alegrias, nesta daqui sim teremos a “cerimônia do acasalamento”, com a noiva sendo levada para a cama e um Edmure bem contente com a nova esposa; mas assim que Catelyn percebe que Lord Bolton ao seu lado usa por baixo a armadura dourada dos Lannister, é tarde demais; do nada somos surpreendidos com um cara pulando para esfaquear a barriguinha de Talisa; Cat ainda tenta pegar a mulherzinha do Frey, mas Robb chora pela amada e Cat corta e tem a garganta cortada.

 

E10 – Mhysa

Hound consegue pegar Arya no meio da confusão pós casamento vermelho; no caminho ela encontra alguns homens falando alegremente das mortes de seus familiares e decide matar um cortando-lhe a garganta; Hound, claro, ajuda a matar os outros. Em Kingslanding, Tyrion e Sansa ganham mais amizade na condição parecida de desprezados e párias do reino. Numa reunião particular dos Lannister, Joffrey quer servir a cabeça de Robb no banquete de casamento para Sansa, e percebemos que nem os familiares aguentam mais esse reizinho monstrinho; já continuando a conversa, Tyrion e Tywin discutem como o pai diz que faz sacrifícios pela família, após mais uma vez lembrar o anão que precisa ter um filho que será o Guardião do Norte e até lá Bolton assumirá esse cargo; o pai fala que foi como ele não matou Tyrion quando ele nasceu. Shae recebe a proposta de Varys em sair dali e ter uma vida decente longe, mas recusa. Numa outra conversinha entre Bolton e Walder Frey, finalmente entendemos que Ramsey é o bastardo do Bolton enviado para torturar Theon, que está preso na cruz de novo com Ramsey comendo uma salsicha (bem a propósito após sua mutilação recente). Aliás, o pai recebe em Pyke as suas partes corporais, mas quem decide ir busca-lo é a irmã Yara. Finalmente algum núcleo se encontra nessas andanças, Sam e Gilly com o lobo Fantasma se encontram com Bran, que conta a eles que pretende seguir ao norte e enfrentar os White Walkers (é isso mermo minha gente? Confere? Mah como farão isso?), então Sam entrega aos garotos as lanças de vidro de dragão; ele e Gilly vão parar na casa do Meistre Aemon, que acaba deixando ela ficar e ordena a Sam que envie corvos para avisar sobre os White Walkers. Jon Snow discute com Ygritte, que ela sempre soube quem ele era, ele foge no cavalo, levando três flechadas da amada ruiva selvagem (pra quê o romance meloso se a gente pode ter isso, né?). Davos lê a mensagem de um dos corvos do norte, conversa com Gendry sobre suas origens parecidas e ele ajuda o bastardo dos Baratheon a fugir; apesar de ser pego por Stannis, ele não será morto e Melisandre apoia, diz que o deus da luz mostrou que Davos terá parte na nova guerra que está por vir. Em Yunkai, os portões se abrem para milhares de escravos que consagram Daenerys sua “Mhysa” (mãe) numa rave circular que é realmente impressionante vista com a ronda dos dragões no ar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s