Pesadelos diabéticos

Eu criei uma conta no Instagram para poder ajudar no controle da glicemia. Mas nas últimas semanas eu dropei porque… bem, simplesmente porque não tenho conseguido manter o controle da diabetes. Nesse meio tempo também passou o Anima Mundi (que eu sempre tento pegar pelo menos uma sessãozinha todo ano) e fiquei pensando como seria uma animação sobre um personagem diabético? Noto que nas últimas semanas eu tenho tido mais sonhos com comidas! Muitos deles pesadelos, na verdade, misturados com vários aspectos desagradáveis da minha rotina – será que todo diabético sonha com comida?!

No final de junho e início de julho eu passei a tentar reduzir o refrigerante, a carne vermelha, ir e voltar caminhando para o trabalho (que bênção, numa cidade como São Paulo!). Daí, fiquei sabendo que íamos trocar o plano de saúde, então fui correndo fazer os exames de umas guias antigas. No mesmo dia 13 de julho eu me permiti então, depois do jejum de 12 horas, um café da manhã especial. Ali perto do meu serviço tem um A Chapa, que tem um cardápio especial de café da manhã. Não é muito barato, mas pra quem tem aquela vontadezinha de um café bem americano, daqueles gordos, esse é um ótimo lugar em São Paulo. E o café é de refil! Igual daqueles de filme, que o atendente vem te servir de novo, se quiser.

20170713-achapa-cafedamanha
20170713-achapa-panqueca

Daí eu senti que a tal panqueca era muito doce, pesou no estômago a massa de farinha refinada, coisas que já não estava mais acostumada a comer com tanta frequência. Então, decidi que logo no dia seguinte já ia continuar com a dieta mais balanceada e saudável – só que não foi bem assim.

No dia 17 de julho eu tava super irritada com a questão da Ibicard (Bradescard, cartão do C&A, chamem do que quiser) e acabei comprando um bolo de floresta negra. Tem um no mercadinho Marukai da Liberdade, que é do jeito que eu gosto, a massa mais molhadinha, chantilly suave… e comi quase que o bolo inteiro.

Glicemia em jejum dia 18? 193. Desastre. No dia 19 de julho, um dia cheio no serviço e que depois eu iria para a casa dos meus pais, que é mais longe, decidi comer no Burger Lab do Shopping Pátio Paulista. Até que um lanche, de vez em quando é permitido, certo?

20170719-burgerlab

Só que depois eu ainda jantei em casa… arroz, feijão, linguiça. E pra arrematar, comi morangos com chocolate derretido! É, pois é. Sem vergonhice total – embora a glicemia tenha ficado em 178 (?) na manhã seguinte.

No dia 22, comi pipoca e um resto de macarrão que tinha feito na noite anterior (com brócolis, tomate). Só que lá pelas 22h tava eu comendo 2 pedaços de bolo de aipim… desta vez a glicemia foi implacável, 191 na manhã seguinte.

No dia 24 aconteceu a preocupação de ver um apartamento do prédio pegando fogo, muito cheiro de fumaça, almoço tarde e acabamos pedindo pizza à noite porque estávamos sem luz. Já sabemos um pouco que estress também influi, né? Também foi o dia em que acabou o remédio glicazida. Glicemia em jejum dia 25: 208.

A janta do dia 25 também foi fora, ainda sem luz em casa. Existe um restaurante japonês chamado New Mimatsu, que fica na frente da casa de lámen Aska – aliás, uma dica, em vez de ficar horas esperando pra entrar no Aska, experimentem um dia a comidinha do New Mimatsu, que é honesta e gostosinha.

20170725-newmimatsu-katsudon
Katsudon (30R$)

Então chegou o Anima Mundi, eu na verdade só consegui pegar uma sessão na quinta e outra na sexta. Na quinta à tarde acabei comendo um x-salada com fritas e suco de maracujá numa lanchonete perto do CCSP, 16 pilas.Já na sexta, acabei jantando batata recheada com bacon e requeijão… o açúcar até que entrou bem, dia 29 de manhã foi 178.

Dia 29 acabamos indo jantar com um rapaz que estava nos ajudando e ia voltar para o Japão. Fomos no Bueno, casa da Alameda Santos cujos proprietários misturaram um pouco do Japão com a Coréia. Às vezes o serviço deixa a desejar, mas fomos lá.

20170729-bueno-butanokakuni
Butakakuni – barriga de porco de entrada, a gente não dá nada pra aparência, mas é muito saboroso
20170729-bueno-butabaragohan
Gohan (12R$, meio caro, né?) e espetinho de butabara (costela de porco) com tempero coreano

 

Mais uma vez, açúcar sem perdão. Glicemia dia 30 de manhã? 208.

A esta altura, também tinha deixado de tomar o Glifage da noite, ou seja, alguns dias já sem tomar remédio algum. Até as lancetas acabaram, então fiquei alguns dias sem medir.

Na noite do dia 04/08 eu estava sozinha em casa, acabei comendo um talharim de queijo (daqueles instantâneos mesmo) com queijo ralado, pimenta e cebolinha. A glicemia na manhã dia 05 estava em 202.

Dia 05 à noite, uma comidinha fora? Retornamos ao Dale! Parmegiana. O que pedi foi uma parmegiana de carne, com cebola caramelizada, rúcula, bacon e gorgonzola, acompanhado de chips de batata doce e arroz chop suey (o deles é com ovo mexido, cenoura e cebolinha).

20170805-dale-parmegianacebolacaramelizada

Fritura, com casca de farinha, arroz, batata, queijo gordo… o que vocês acham? Glicemia em jejum no dia seguinte 245!!! A mais alta de todo o mês…

Como também foi um domingo cheio, dia 06 acabamos comendo no Sukiya, um restaurante popular japonês, com várias unidades da franquia pela cidade. Meu jantar foi um prato mais “gourmet” deles, que vem com vegetais.

20170806-sukiya-currycomqueijo
Curry com queijo (22 R$)

Glicemia em 07/08: 214.

Pois é, gente. Eu sou uma pessoa que gosta bastante de pequenas aventuras gastronômicas – como morar nesta cidade que é São Paulo e não querer aproveitar? Mas o fato é que a glicemia não baixa mesmo sem remédios e amanhã eu vou ao médico (é outro novo, por causa da mudança do plano, então vamos ver o que ela vai me receitar desta vez…). Ou será que sou eu que dou escapulidas demais?

Ultimamente tenho pensado que não sei mais o que comer, se eu soubesse viver de luz, adotaria. É claro, na teoria, parece fácil manter uma dieta saudável. Mas e quando tem esses “sociais”? E quando dá vontade de comer algo diferente e sair pra comer? E quando a gente tá cansado ou só quer comer algo que deixa a gente um pouco mais feliz?

Se você tem um amigo diabético, pense duas vezes antes de criticar… você nem sabe, talvez ele tenha pesadelos com comida!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s